Blog de jovem.estudos
   
border=0
 
   Arquivos

 
border=0
Outros sites

 UOL - O melhor conte�do
 BOL - E-mail gr�tis


Votação
Dê uma nota para meu blog



border=0
 


Avaliação das aulas de lígua portuguesa

Nossa II unidade o nosso professor de língua portuguesa falou sobre os generos textuais: diário intimo,diário pontual,cronica humorista,cronica esportista.

Os fatos linguisticos:

- Predicativo do objeto

É o termo ou expressão que complementa o objeto direto ou o objeto indireto, conferindo-lhe um atributo.

O predicativo do objeto apresenta duas características básicas:

  • acompanha o verbo de ligação implícito;
  • pertence ao predicado verbo-nominal.

A formação do predicativo do objeto é feita através de um substantivo ou um adjetivo.

Exemplos:

  1. O vilarejo finalmente elegeu Otaviano prefeito.

    ...[objeto: Otaviano]

    ...[predicativo: substantivo]

  2. Os policiais pediam calma absoluta.

    ...[objeto: calma]

    ...[predicativo: adjetivo]

  3. Todos julgavam-no culpado.

    ...[objeto: no]

    ...[predicativo: adjetivo]

Alguns gramáticos admitem o predicativo do objeto em orações com verbos transitivos indiretos tais como crer, estimar, julgar, nomear, eleger. Em geral, porém, a ocorrência do predicativo do objeto em objetos indiretos se dá somente com o verbo chamar, com sentido de "atribuir um nome a".

- Predicativo verbal nominal e verbo nominal

É o tipo de Predicado que tem dois núcleos, ou seja, um verbo (transitivo ou intransitivo), e um nome (predicativo).

bullet

Exemplos:

 

- Diferença entre complemento nominal objeto direto e adjunto adnominal

Complemento nominal = representa o alvo para o qual tende um sentimento,disposição ou movimento e desepenha em relação ao nome (substantivo,adverbio ou adjetivo) omesmo papel que o complemento verbal em relação ao verbo. Ex: Fiquei ansioso pela apresentação.

Adjunto adnominal = é o termo de valor adjetivo que serve para esperfeiçoar substantivo qualquer que seja a função deste. Ex: Os alunos dedicados serãoa aprovados.

- Parómimos e homônimos

Parônimos são palavras diferentes no sentido, mas com muita semelhança na escrita e na pronúncia.

Exemplos :

Infligirinfrigir
Retificarratificar
Vultosovultuoso

 

Homônimos são palavras diferentes no sentido, mas que têm a mesma pronúncia. Dividem-se em homônimos perfeitos e homônimos imperfeitos.

  • Homônimos perfeitos são palavras diferentes no sentido, mas idênticas na escrita e na pronúncia.

Exemplos :

Homem são (adj.)São JoãoSão várias as causas
Como vais ?Eu como feijão

 

  • Homônimos imperfeitos, que se dividem em :
  1. Homônimos homógrafos, quando têm a mesma escrita e a mesma pronúncia, exceto a abertura da vogal tônica.

Exemplos:

Almoço (verbo)

Almoço (substantivo)

  1. Homônimos homófonos, quando têm a mesma pronúncia mas escrita diferente.

Exemplos :

Apreçarapressar
Sessãoseçãocessão

 

- Empregos do "s" do "z" (sez,eza/ês-esa)

  • Escrevemos com S as terminações - ês e esa, que indicam nacionalidade (português, portuguesa), título (duquesa), origem (francês, francesa)
  • Escrevemos com Z as terminações - ez e eza que indicam qualidades.
Observe:
Belo - beleza
Pobre - pobreza
Rico - riqueza
Puro - pureza
magro - magreza

* Obra literaria "Pretinha Eu?" autor Julio Emilio Braz.



Escrito por jovem.estudos às 23:21
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Zélia Gattai

Sim, é importante escrever sobre nos mesmos porque é um tipo de documento muito importante que podemos levar para nossa vida toda .. ex : Zélia Gattai uma escritora que falou o quanto é importante falar sobre nos mesmo leia um pouco sobre ela.

 

Zélia Gattai Amado (São Paulo, 2 de julho de 1916Salvador, 17 de maio de 2008) foi uma escritora, fotógrafa e memorialista (como ela mesma preferia denominar-se) brasileira, tendo também sido expoente da militância política nacional durante quase toda a sua longa vida, da qual partilhou cinqüenta e seis anos casada com o também escritor Jorge Amado, até a morte deste.

Os primeiros anos

Filha dos imigrantes italianos Angelina e Ernesto Gattai, é a caçula de cinco irmãos. Nasceu e morou durante toda a infância na Alameda Santos, 8, no bairro Paraíso, em São Paulo.

Zélia participava, com a família, do movimento político-operário anarquista que tinha lugar entre os imigrantes italianos, espanhóis, portugueses, no início do século XX. Aos vinte anos, casou-se com Aldo Veiga. Deste casamento, que durou oito anos, teve um filho, Luís Carlos, nascido em São Paulo, em [1942].

A escritora

Aos 63 anos de idade, começou a escrever suas memórias. O livro de estréia, Anarquistas, graças a Deus, ao completar vinte anos da primeira edição, já contava mais de duzentos mil exemplares vendidos no Brasil. Sua obra é composta de nove livros de memórias, três livros infantis, uma fotobiografia e um romance. Alguns de seus livros foram traduzidos para o francês, o italiano, o espanhol, o alemão e o russo.

Anarquistas, graças a Deus foi adaptado para minissérie pela Rede Globo e Um chapéu para viagem foi adaptado para o teatro.

Obra



Escrito por jovem.estudos às 22:47
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






O RESPEITO ENTRE OS POVOS

Falando sobre o respeito entre os povos nada a mais e nada menos em falar sobre o racismo abaixo você verá um video com a música de Gabriel Pensador
falando sobre racismo e também aproveitando em falar sobre esse assunto,lemos um livro que também fala sobre isso o livro "Pretinha Eu?" de Júlio Emílio Braz editora scipionde que o professor de português passou na nossa II unidade,recomendamos esse livro para ler. Preste atenção na letra da música



Racismo É Burrice

Gabriel Pensador

Salve, meus irmãos africanos e lusitanos, do outro lado do oceano

"O Atlântico é pequeno pra nos separar, porque o sangue é mais forte que a água do mar"
Racismo, preconceito e discriminação em geral;
É uma burrice coletiva sem explicação
Afinal, que justificativa você me dá para um povo que precisa de união
Mas demonstra claramente
Infelizmente
Preconceitos mil
De naturezas diferentes
Mostrando que essa gente
Essa gente do Brasil é muito burra
E não enxerga um palmo à sua frente
Porque se fosse inteligente esse povo já teria agido de forma mais consciente
Eliminando da mente todo o preconceito
E não agindo com a burrice estampada no peito
A "elite" que devia dar um bom exemplo
É a primeira a demonstrar esse tipo de sentimento
Num complexo de superioridade infantil
Ou justificando um sistema de relação servil
E o povão vai como um bundão na onda do racismo e da discriminação
Não tem a união e não vê a solução da questão
Que por incrível que pareça está em nossas mãos
Só precisamos de uma reformulação geral
Uma espécie de lavagem cerebral

Racismo é burrice

Não seja um imbecil
Não seja um ignorante
Não se importe com a origem ou a cor do seu semelhante
O quê que importa se ele é nordestino e você não?
O quê que importa se ele é preto e você é branco
Aliás, branco no Brasil é difícil, porque no Brasil somos todos mestiços
Se você discorda, então olhe para trás
Olhe a nossa história
Os nossos ancestrais
O Brasil colonial não era igual a Portugal
A raiz do meu país era multirracial
Tinha índio, branco, amarelo, preto
Nascemos da mistura, então por que o preconceito?
Barrigas cresceram
O tempo passou
Nasceram os brasileiros, cada um com a sua cor
Uns com a pele clara, outros mais escura
Mas todos viemos da mesma mistura
Então presta atenção nessa sua babaquice
Pois como eu já disse racismo é burrice
Dê a ignorância um ponto final:
Faça uma lavagem cerebral

Racismo é burrice

Negro e nordestino constróem seu chão
Trabalhador da construção civil conhecido como peão
No Brasil, o mesmo negro que constrói o seu apartamento ou o que lava o chão de uma delegacia
É revistado e humilhado por um guarda nojento
Que ainda recebe o salário e o pão de cada dia graças ao negro, ao nordestino e a todos nós
Pagamos homens que pensam que ser humilhado não dói
O preconceito é uma coisa sem sentido
Tire a burrice do peito e me dê ouvidos
Me responda se você discriminaria
O Juiz Lalau ou o PC Farias
Não, você não faria isso não
Você aprendeu que preto é ladrão
Muitos negros roubam, mas muitos são roubados
E cuidado com esse branco aí parado do seu lado
Porque se ele passa fome
Sabe como é:
Ele rouba e mata um homem
Seja você ou seja o Pelé
Você e o Pelé morreriam igual
Então que morra o preconceito e viva a união racial
Quero ver essa música você aprender e fazer
A lavagem cerebral

Racismo é burrice

O racismo é burrice mas o mais burro não é o racista
É o que pensa que o racismo não existe
O pior cego é o que não quer ver
E o racismo está dentro de você
Porque o racista na verdade é um tremendo babaca
Que assimila os preconceitos porque tem cabeça fraca
E desde sempre não pára pra pensar
Nos conceitos que a sociedade insiste em lhe ensinar
E de pai pra filho o racismo passa
Em forma de piadas que teriam bem mais graça
Se não fossem o retrato da nossa ignorância
Transmitindo a discriminação desde a infância
E o que as crianças aprendem brincando
É nada mais nada menos do que a estupidez se propagando
Nenhum tipo de racismo - eu digo nenhum tipo de racismo - se justifica
Ninguém explica
Precisamos da lavagem cerebral pra acabar com esse lixo que é uma herança cultural
Todo mundo que é racista não sabe a razão
Então eu digo meu irmão
Seja do povão ou da "elite"
Não participe
Pois como eu já disse racismo é burrice
Como eu já disse racismo é burrice

Racismo é burrice

E se você é mais um burro, não me leve a mal
É hora de fazer uma lavagem cerebral
Mas isso é compromisso seu
Eu nem vou me meter
Quem vai lavar a sua mente não sou eu
É você.



Escrito por jovem.estudos às 22:40
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






A CULTURA DE PAZ!

 

A Cultura de Paz

Peace dove2.gif

 

“Uma Cultura de Paz é um conjunto de valores, atitudes, tradições, comportamentos e estilos de vida baseados:

(Fonte: ONU, 2004).

Organizações que trabalham com Cultura de Paz

 



Escrito por jovem.estudos às 21:53
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






A ESPERANÇA DE UM MUNDO MELHOR

 

                                                 A Foto é mesmo para chocar ! Pensem!

 

Esperança de um mundo melhor.

Vivo pensando no amanhã
Se vou ver a flor desabrochada
Ou galhos de espinhos e dor.

Vivo pensando na mulher amada
Se um dia a terei ou se será
Apenas sonho de amor.

Vivo dos sonhos das crianças
Que gostariam de um lar e amor
Vivo a pensar em minha sina.

Construirei um palácio?
Viverei nos escombros?
Em um mundo deserto?

A felicidade vive em pequenos atos
Um simples oi sorrindo, a visita de um amigo,
Um telefonema, uma carta, uma lembrança.

O que desejo neste momento
É que eu possa fazer-te algum sentido,
Quando já não fizer parte de sua lembrança.


Cristiano Luís Bolonha.

- A

 

 



Escrito por jovem.estudos às 20:44
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






A maioria dos jovens hoje em dia, sao viciados em drogas.

Muitos deles entram nessa pesando que nao vai ser nada de mais, mais isso acaba causando dependencia quimica e a morte.

Por isso resolvi ler revelação de amigos, de usuarios de drogas

LETICIA

Droga é sinônimo de furada. Um best meu conheceu ums meninos do terceirão na escola nova, como ele achava eles o máximo quis entra pro grupinho deles, aí óbvio que pra isso ele tinha que prova que não era só um calouro, se fosse homem de verdade entrava. Ele bestamente caiu nessa, experimento um cigarro, uma semana depois mais um, e assim até que ele viro viciado.. Depois de uns tempos eu e minha amiga descobrimos que ele tava metido com drogas. Fizemo de tudo, tudo mesmo pra ajuda mas infelismente não conseguimos nada, o que resto foi se afasta dele pra a gente não acaba se prejudicando com isso e se mete em confusão ainda. Ele largo escola, largo os amigos e nunca mais vi ele por aqui D: Sinceramente, quem usa a cabeça NÃO usa drogas!

Drogas, substâncias químicas que produzem alterações dos sentidos.
Droga é toda e qualquer substância, natural ou sintética que introduzida no organismo modifica suas funções. As drogas naturais são obtidas através de determinadas plantas, de animais e de alguns minerais.
Esse 'suicidio' lento, vem atingindo cada vez mais ... nós adolescentes.


SITE :http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=56884530&tid=5462598569757043047







Escrito por jovem.estudos às 20:42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
border=0